Marchador Imperial repete sucesso na divulgação do cavalo Mangalarga Marchador

Mais de cem cavalos da raça Mangalarga Marchador participaram da II Copa de Marcha do Marchador Imperial, evento realizado pelo Haras Vale Imperial e a Associação Comercial e Empresarial de Caruaru (Acic), através da Câmara Setorial do Agronegócio, no último dia 11 de fevereiro, na área externa do Polo Caruaru. O evento teve como objetivo divulgar a raça na região que tem grande potencial para o agronegócio.

DSC_2433

Pedro Miranda, Márcio Mahon e Wellington Florêncio, idealizadores do 3º Marchador Imperial

 

Durante todo o dia, os animais foram julgados em duas categorias: Marca Batida, quando o apoio diagonal do cavalo é bem maior do que o apoio lateral e o tríplice, ou seja, sobre três patas (estes dois casos acontecem no momento de troca de apoios durante o deslocamento); e Marcha Picada (quando a ocorrência de apoios laterais e tríplices são maiores que a batida, isto é, a permanência nos apoios laterais não ultrapassa os tempos de apoios diagonais).

DSC_2442

Dupla de cavaleiros nos preparativos para a Copa de Marcha

DSC_2550

Cavaleiro durante prova da Copa de Marcha

O organizador do evento, Márcio Mahon, disse que o evento é de importância fundamental neste momento de crise no país: “este evento gera renda para o município, hospedagens em hotel, consumo em restaurantes, negócios, venda de ração e de insumos. É uma forma de termos uma alternativa de crescimento econômico para a região. O Marchador Imperial já é um evento de sucesso. Ele está consolidado como um grande negócio para o município e também para região”.

DSC_2567

Baias para os cavalos participantes da Copa de Marcha

DSC_2566

Espaço destinado à venda de acessórios de montaria e ração animal

Numa área de 37 mil m² do Polo Caruaru, foram montados um lounge para os criadores, lanchonete, arquibancada, espaços para a venda de ração e de artigos para montaria e baias para os animais. O coordenador da Câmara Setorial do Agronegócio, Wellington Florêncio, disse que este é um evento de grande porte para a divulgação do Mangalarga Marchador: “esse tipo de cavalo é diferenciado porque é de caminhada, de passeio, diferente dos de vaquejadas. Nós temos em Caruaru um evento da mesma importância dos que existem no Recife, em Limoeiro e em outras cidades como Gravatá. É um legado muito bom para nosso município. Vamos fazer com que cresça cada vez mais.

DSC_2569

Animal sendo preparado para passar pelo julgamento na Copa de Marcha

DSC_2581

Momento de premiação da Copa de Marcha

Para o presidente da Acic, Pedro Miranda, o Mangalarga Marchador serve para atrair as atenções para o agronegócio e para o Turismo Rural: “nossa região é rica nesses dois segmentos, por isso a grande relevância do Marchador Imperial para apresentar as vantagens deste tipo de cavalo. Vale salientar que este evento é o primeiro do calendário 2017 de Marcha do Mangalarga Marchador e a Acic espera que o sucesso dele que se concretiza nesta terceira edição seja a semente de um grande evento de exposição do agronegócio no nosso município.”